Circuito pisca pisca com led, transistor, resistor e capacitor

Nesse IOLab vamos fazer um circuito simples de um pisca pisca com dois leds, resitores, transistores e capacitores, esse tipo de circuito é excelente para compreender o funcionamento dos transistores em conjunto com capacitores para fazer a oscilação nos mesmos. Todo o circuito desde a fonte de alimentação que pode ser uma pilha ou fonte até os transistores e capacitores são completamente adaptáveis, então caso você não tenha algum dos componentes utilizados aqui, tente utilizar valores aproximados no caso dos resistores e capacitores e qualquer outro transistor que seja NPN, apesar que com poucas mudanças ainda é possível utilizar um transistor PNP nesse circuito.

Antes de irmos para o circuito, vamos relembrar o funcionamento dos componentes utilizados fazendo um breve resumo. Os resistores funcionam como limitadores de tensão e corrente, para isso ele dissipa a tensão ou corrente excedente em forma de calor. Os capacitores são como baterias capazes de armazenar energia, porém eles carregam e descarregam de forma muito mais rápida, sendo assim, dependendo da sua capacitância, ele gera uma frequência com seu processo de carga e descarga. Os transistores funcionam como chaves eletrônicas capazes de ligar e desligar a alta frequências, com isso é possível desde amplificar correntes, gerar frequências em sua saída e até mesmo limitar tensão a partir de um fenômeno que ocorre na modulação por largura de pulso (PWM).

Essa é a lista de componentes utilizados nesse circuito:

2 Resistores de 470 ohms 1/4w

2 Resistores de 22k ohms

2 Capacitores de 1uF

2 Leds 3V

2 Transistores NPN (BC337, BC548, …)

1 Fonte de alimentação DC, pode ser uma bateria, pilha ou fonte DC

Veja abaixo e esquema do circuito pisca pisca:

Essa seria a montagem do circuito em uma protoboard:

Agora vamos entender como o circuito funciona. Assim que a fonte de alimentação é ligada ao circuito, a tensão passará pelos resistores, do primeiro resistor ela vai para o led que fica com positivo mas não tem negativo pois o transistor não esta ativo. Ao passar pelo segundo resistor a tensão irá para o capacitor que assim como o led terá positivo mas não terá o negativo, ao mesmo tempo ela vai para a base do transistor, como o transistor esta chaveando o negativo para o segundo led e capacitor, isso fará com que que o capacitor comece a carregar roubando a corrente do led que não irá acender além de evitar que a base do transistor conectado a ele seja ativada, ao ser carregado o capacitor irá se descarregar permitindo agora que o led acenda e a base do transistor seja ativada. Assim que a base do outro transistor é ativada o mesmo processo ocorre mas com o outro led e capacitor, ou seja, sempre que um transistor é ativado o led dele apaga e acende, feito isso o mesmo processo é feito com o outro transistor e led, piscando em um loop de carrego e descarrego do capacitor, ativação e desativação do transistor.

Como o tempo em que o led fica aceso e apagado esta diretamente ligado ao tempo de carga e descarga do capacitor, quanto maior for a capacitância dos capacitores mais lento ficará o pisca pisca, em contrapartida, quanto menor for a capacitância o pisca pisca ficará mais rápido. Lembrando que quanto maior for a resistência do resistor, menos corrente passará para o capacitor o que fará com que ele carregue mais lentamente, afetando assim também a velocidade do pisca. Resumindo, você pode modificar a velocidade do pisca pisca alterando os resistores dos capacitores e os próprios capacitores.

Eae gostou desse IOLab? Então comente e compartilhe ;-)!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *